quinta-feira, 18 de junho de 2009

Esquentando os tamborins

Me perdoem, meus amigos, mas, pra esquentar os tamborins da leveza, preciso postar novamente uma trilha sonora.
Anteriormente, a coloquei para homenagear e explicitar minha felicidade com a volta do grande amor.

Agora, posto para dizer que estou caminhando para voltar... para mim mesma.

Tudo isso não é somente um voltar, mas um passo para mim. Caminhando devagar, consigo aos poucos afugentar a tristeza e começar a pensar com mais clareza. Uma hora conseguirei. Outro dia li a expressão "com um sorriso na voz" e, auditiva como sou, foi uma das coisas mais belas que ouvi. Quero poder voltar a falar com um "sorriso na voz".

Estava pensando ontem que, quando chegar o momento da idéia brilhante pensarei assim: "Como foi que não pensei nisso antes!!! Estava bem debaixo do meu nariz!" Humpf. Tomara que ela esteja logo chegando. Enquanto isso, vou voltando para mim, para poder estar inteira quando acontecer.
Tô Voltando
Pode ir armando o coreto
E preparando aquele feijão preto
Eu tô voltando
Põe meia dúzia de Brahma pra gelar (meia dúzia???? hum... sei não...)
Muda a roupa de cama
Eu tô voltando
Leva o chinelo pra sala de jantar
Que é lá mesmo que a mala eu vou largar
Quero te abraçar, pode se perfumar
Porque eu tô voltando
Dá uma geral, faz um bom defumador
Enche a casa de flor
Que eu tô voltando
Pega uma praia, aproveita, tá calor
Vai pegando uma cor
Que eu tô voltando
Faz um cabelo bonito pra eu notar
Que eu só quero mesmo é despentear
Quero te agarrar
Pode se preparar porque eu tô voltando
Põe pra tocar na vitrola aquele som
Estréia uma camisola
Eu tô voltando
Dá folga pra empregada
Manda a criançada pra casa da avó
Que eu to voltando
Diz que eu só volto amanhã se alguém chamar
Telefone não deixa nem tocar
Quero lá, lá, lá, ia, porque eu to voltando!
Postar um comentário