segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Uma frase

Ainda estou no meio do livro, mas precisei colocar esta frase logo aqui, quem sabe não aprendo com tamanha sabedoria de tal criatura?

"Há dois tipos de malucos neste mundo. Aqueles que emprestam livros e aqueles que os devolvem. E eu não me classifico em nenhuma dessas categorias." Rá! Muito bom! (Memórias de um Diabo de Garrafa)

Já eu, me classifico nas duas! Resumo da melódia: sou maluca em dobro!

Beijos.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Morte nas nuvens

Uma volta ao tempo de menina... Cheguei a sentir a adolescência novamente ao não desgrudar de Agatha.

Sinceramente, não me lembro se este livro fez parte dos 1.909.343.854 suspenses de Agatha Christie que eu li mais nova, só sei que devorei o exemplar em 1 dia e 1/2.

Nosso mais querido Hercule Poirot viaja em uma avião onde ocorre um assassinato debaixo de suas barbas, ou melhor, de seu bigode, sem que ele tenha percebido nada. Para piorar, ele é suspeito do assassinato, então usa de toda sua inteligência para desvendar o mistério, tanto pelo exercimento de seu ofício como também para salvar a própria pele.

Iiiiiiiiiiinfelizmente ele está esgotado na editora (Nova Fronteira), então minha sugestão, além de procurar em sebos, tentar a Estante Virtual (www.estantevirtual.com.br), maior aglomeração de sebos do país.

Beijos!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Eurídice


Angústia, beleza, ternura, emoção, tristeza-muita-coisa, coração, sentidos, família, sentido-de-família, sedução. Provavelmente com mais tempo eu poderia listar mais umas duzentas palavras que podem perfeitamente traduzir, entrelaçadas e distintamente, o que sentimos ao ler Eurídice.

Raquel de Queiroz disse que amigos do artista, escritores, leitores da época etc, tinham imaginado que José Lins do Rego chegara ao ápice da sua obra no livro anterior, mas, quando Eurídice chegou, seu décimo primeiro romance, viram que estavam redondamente enganados.

Ontem mesmo o indiquei a uma cliente estrangeira que estava querendo conhecer mais da literatura brasileira. E essa é, sem dúvida, brasileiríssima.

Apesar da nordestinidade do autor, ele cria um personagem, que muitos dizem ser autobiográfico, carioca, tijucano e cheio de problemas. Retrata o Rio de Janeiro da época com carinho e perfeição. O livro, dizem e eu concordei, se apega muito mais aos sentidos do que às características locais, como muitos autores brasileiros gostam de escrever. O tom de voz da mãe, o cheiro da irmã, a carranca do pai. Julinho, nosso personagem, vai nos contando sua triste história através dos seus sentidos. Não sabemos muito nem como são fisicamente seus personagens e muito menos como é o lugar em que vive.
Obra-prima, certamente!
Terminei o livro provavelmente um dia após tê-lo colocado no prelo, mas ainda não havia tido tempo para postar.

Autor: REGO, JOSE LINS DO
Editora: JOSE OLYMPIO
Assunto: LITERATURA BRASILEIRA
ISBN: 9788503004879
Preço: R$ 21,00

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Ser irmã de gente chique é outra coisa!

Convite/Divulgação

Na próxima quinta-feira (12/11), a partir das 18h, a Livraria Leonardo da Vinci será palco da palestra "A Idade Média e o espírito das Cruzadas", a propósito do livro "Raimundo Lúlio e As Cruzadas", uma edição trilíngüe (latim/catalão/português) recém-apresentada ao público brasileiro pela Editora Sétimo Selo.

O livro está à venda em
http://www.edsetimoselo.com.br/loja/produtos_descricao.asp?codigo_produto=8 (feito por mim - ;))

O evento se enquadra na série "Encontros no Subsolo", organizada pela Da Vinci, e a entrada é franca. A livraria fica na Av. Rio Branco, 185, subsolo, Centro, Rio de Janeiro.

O encontro será mediado por Sidney Silveira (editor da Sétimo Selo - e meu irmão), e terá a participação do Prof. Dr. Ricardo da Costa (Universidade Federal do Espírito Santo - UFES - e meu irmão também) e de Carlos Nougué.

Ricardo da Costa (Ufes)
Revista Mirabilia (dir.): http://www.revistamirabilia.com/
***
Existem poucos que se dignam serem imitadores dos acadêmicos [isto é, dos filósofos da Academia grega], já que cada um escolhe aquilo que vai seguir mais por gosto que pela razão. Uns se distraem com suas próprias opiniões, outros com as dos doutores, e outros com o trato da multidão. Quem duvida que aquele que jura pela palavra de seu mestre não concorda com o que se diz, mas com quem diz? Aquele que foi cativado pela opinião de um doutor, ladra qualquer coisa com força, e acredita que saiu das ocultas intimidades da Filosofia o que, na verdade, é apenas uma prova de infantilidade. Esse está disposto a disputar qualquer idiotice, acreditando que é inconcebível o que soa desconhecido aos seus ouvidos, e não concorda com a razão apenas porque pensa que o que disse seu mestre é autêntico e sacrossanto!, João de Salisbury (c. 1115-1180), Policraticus (1159), Livro VII, cap. 9.
Fala sério se não é um espetáculo essa família? ;)
Beijos!

No prelo

Logo após "O sol é para todos", peguei de cara José Lins do Rego e seu belo "Eurídice". Estou gostando TANTO que precisei dizer antes de terminar! ;)

Provavelmente terminarei em tempo recorde e já já estarei aqui para falar dele.

Beijos!

Como lavar uma criança de 1 ano


Só não podemos esquecer de desligar a centrifugação e nem deixá-la secar ao sol. ;)

Leitura no Trânsito - 2

Mais três contos de trânsito! ;)
O fantasma de Canterville
O jovem rei
O milionário modelo

Três contos absolutamente distintos em forma, sutileza e mensagem.

O primeiro, que dá titulo ao pocket book, é uma comédia que conta a história de uma família americana (ministro dos EUA e seu núcleo) que compra uma propriedade na inglaterra, um castelo mal-assombrado pelo Fantasma de Canterville que, após assassinar sua esposa, morre de fome, preso no castelo por seus cunhados. Ele passa a morte aterrorizando moradores do lugar por séculos a fio, até encontrar essa bem-humorada família americana.

"O jovem rei" é um conto feito como parábola, que mostra os valores importantes para se reinar adequadamente e com justiça. Muito bom!

"O milionário modelo" também é uma comédia com "moral da história" no fim. Bem elaborado, como sempre.

Faltam ainda mais três contos para eu terminar esse belo pocket, ainda voltarei aqui para falar dele.

Beijos.


Coleção: L&PM POCKET, 284
Autor: WILDE, OSCAR
Editora: L&PM EDITORES
Assunto: LITERATURA ESTRANGEIRA
Preço R$ 13,00
ISBN: 9788525412096

O sol é para todos


Belo livro. É preciso ter a sensibilidade aguçada para narrar uma história na voz de uma criança entre 6 e 9 anos. O livro se passa em uma pequena cidade do Alabama, terra que é marcada por grande preconceito racial. Atticus Finch, advogado da cidade é pai de Scout e Jem e, pela narrativa da pequena Scout, acompanhamos a defesa de seu pai a um caso onde um negro é acusado de estuprar uma jovem branca, injustamente.
Ao redor desse caso, as crianças sofrem as injustiças juntamente com seu pai, vivem sua infância ao lado do melhor amigo, constroem seu universo de brincadeiras, ilusões e sofrimento.
Eu, que sou mais dos livros do que das telas, soube que "O sol é para todos" foi um sucesso de bilheteria e imagino que deve realmente ser um belo filme.
Taí a dica. Fácil leitura, tocante, sensível.
Autor: LEE, HARPER
Editora: JOSE OLYMPIO
Assunto: LITERATURA ESTRANGEIRA
Preço: R$ 40,00
ISBN: 9788503009492