quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Gente - Caetano Veloso

A sutileza da beleza desta música é impressionante...
É a capacidade do sujeito de criar leveza para a expressão "gente" simultaneamente a uma vontade de dizer a palavra da forma mais cheia que nossa dicção é capaz.
Adooooro!

Gente olha pro céu
Gente quer saber o um
Gente é o lugar
De se perguntar o um

Das estrelas se perguntarem se tantas são
Cada estrela se espanta à própria explosão


Gente é muito bom
Gente deve ser o bom
Tem de se cuidar
De se respeitar o bom
Está certo dizer que estrelas
Estão no olhar
De alguém que o amor te elegeu
Pra amar
Marina, Bethânia, Dolores,
Renata, Leilinha,
Suzana, Dedé
Gente viva, brilhando estrelas
Na noite

Gente quer comer
Gente que ser feliz
Gente quer respirar ar pelo nariz

Não, meu nego, não traia nunca
Essa força não
Essa força que mora em seu coração

Gente lavando roupa
Amassando pão
Gente pobre arrancando a vida
Com a mão

No coração da mata gente quer
Prosseguir
Quer durar, quer crescer,
Gente quer luzir

Rodrigo, Roberto, Caetano,
Moreno, Francisco,
Gilberto, João
Gente é pra brilhar,
Não pra morrer de fome

Gente deste planeta do céu
De anil
Gente, não entendo,
Gente nada nos viu
Gente espelho de estrelas,
Reflexo do esplendor
Se as estrelas são tantas,
Só mesmo o amor

Maurício, Lucila, Gildásio,
Ivonete, Agripino,
Gracinha, Zezé
Gente espelho da vida,
Doce mistério
Postar um comentário