segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Xangai Baby

Os chineses são espirituosos, criativos e super sensíveis. Olha que nunca li dois livros de um mesmo autor. São sempre autores diferentes e encontro quase as mesmas características.

Nikki, ou Cocco, como gosta de ser chamada, é uma jovem de 25 anos que sonha tornar-se escritora. E a história desenrola-se nesse cenário. Enquanto ela escreve seu romance, conta sua vida no período.

Ela é inteligente, bela, sedutora e ama literatura sexual. Seu ídolo é Henry Miller e sua vida é marcada pelo ardente desejo que carrega dentro de si.

Sai da casa dos pais ao conhecer o sensível Tian Tian. Descobre o amor sem sexo, mas acaba se envolvendo com um estrangeiro, casado, e com ele vive tórridos momentos.

Dividida entre os dois homens, ela começa a busca difícil de conhecer profundamente a si mesma.
Livro dinâmico, super bem escrito.

Dizem que a autora fez sutilmente um esboço auto-biográfico e que no ano 2000 o governo chinês queimou todos os exemplares, por considerá-la promiscua e perversa. Isso fez com que seu livro se tornasse best seller, pela curiosidade do leitor.

Adorei!

Autor: HUI, WEI
Editora: GLOBO
Assunto: LITERATURA ESTRANGEIRA - ROMANCES

Esgotado!!!! Mas nada que não se encontre na querida estante virtual, né?
Postar um comentário