quarta-feira, 10 de março de 2010

Frases de Clarice...

"É curioso não saber dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo."


"Mas se eu gritasse uma só vez que fosse, talvez nunca mais pudesse parar. Se eu gritasse ninguém poderia fazer mais nada por mim; enquanto, se eu nunca revelar a minha carência, ninguém se assustará comigo e me ajudarão sem saber; mas só enquanto eu não assustar ninguém por ter saído dos regulamentos. Mas se souberem, assustam-se, nós que guardamos o grito em segredo inviolável. Se eu der o grito de alarme de estar viva, em mudez e dureza me arrastarão pois arrastam os que saem para fora do mundo possível, o ser excepcional é arrastado, o ser gritante."


"Renda-se, como eu me rendi.
Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei.
Não se preocupe em entender,
viver ultrapassa qualquer entendimento."


"Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso.
Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro."


"Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer:
- E daí? EU ADORO VOAR!"


"Terei toda a aparência de quem falhou, e só eu saberei se foi a falha necessária."


"Na verdade, Angela...'O que me mata é o cotidiano.
Eu queria só exceções'."


"Há momentos na vida em que sentimos tanto a falta de alguém que o que mais queremos é
tirar essa pessoa de nossos sonhos e abraçá-la."


"- Ela é tão livre que um dia será presa.
- Presa por quê?
- Por excesso de liberdade.
- Mas essa liberdade é inocente?
- É. Até mesmo ingênua.
- Então por que a prisão?
- Porque a liberdade ofende."


"Ela acreditava em anjo e, porque acreditava, eles existiam."


"Quero, um dia, poder dizer às pessoas que nada foi em vão...
que o AMOR existe, que vale a pena se doar às amizades a às
pessoas, que a vida é bela sim, e que eu sempre dei o melhor de mim... e que valeu a pena!"


"Minha alma tem o peso da luz.
Tem o peso da música.
Tem o peso da palavra nunca dita,
prestes quem sabe a ser dita.
Tem o peso de uma lembrança.
Tem o peso de uma saudade.
Tem o peso de um olhar.
Pesa como pesa uma ausência.
E a lágrima que não se chorou.
Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros."
Postar um comentário