terça-feira, 28 de junho de 2011

A última música


Ao terminar a leitura deste livro, o qual passei as primeiras páginas pensando sobre fórmulas-prontas-para-livros-juvenis, tive uma bela surpresa. 
Ronnie, nossa protagonista, anti-heroína de 17 anos, cabelos roxos e super rebelde, passa contra sua vontade o verão com o pai, com quem não fala há três anos. Seu irmão, de 10, está animado com a perspectiva de trocar Nova Iorque pelas praias sulistas em pleno verão e matar a saudade do pai.
Sua vida muda neste período. Ela amadurece, conhece a traição de uma amizade, a dor de uma doença e o amor, assim como se reconcilia com seu maior talento: a música.
Seu amadurecimento progride junto com as páginas do livro e conseguimos ver a menina se transformar em adulta gradualmente. 
O livro possui uma sutil proposta religiosa, leve, que acredito ter encantado os milhares de jovens que fizeram deste um best seller. O autor fala em Deus com propriedade, leveza, alto astral e simplicidade. Imagino ter sido essa a garantia do sucesso. 
Romance leve, com todos os ingredientes bem misturados. Aventura, suspense, tensão, amor, dor, amizade, Deus.

Trechos:
"...Depois que ela concordou com a cabeça, ele levou um minuto para achar a passagem que queria.
- Está em Gálatas, 5.22 - disse, abrindo a Bíblia em seu colo. Pigarreou e começou a ler. - 'Mas quando o Espírito Santo controla nossa vida, produzirá os seguintes frutos em nós: amor, alegria, paz, paciência, gentileza, bondade, delicadeza e autocontrole'.
Ronnie prestou atenção na leitura do versículo, lembrando-se da forma como havia chegado lá e de como seu pai havia reagido à sua raiva."

"A vida, entendeu, era bem parecida com uma música.
No começo, há mistério, e no final confirmação, mas é no meio que reside a emoção e faz com que a coisa toda valha a pena."

Autor: SPARKS, NICHOLAS
Editora: NOVO CONCEITO
Assunto: LITERATURA ESTRANGEIRA - ROMANCES
ISBN: 9788563219077
Preço: 34,90

Postar um comentário