sábado, 29 de setembro de 2012

A sombra do vento

Começando pelo que costumo deixar para o final:

"Meu pai e eu morávamos num pequeno apartamento da rua Santa Ana, perto da praça da igreja. O apartamento ficava bem em cima da livraria especializada em edições para colecionadores e livros antigos herdada de meu avô, uma loja encantada que meu pai confiava que algum dia passasse às minhas mãos. Cresci no meio de livros, fazendo amigos invisíveis em páginas que se desfaziam em pó e cujo cheiro ainda conservo nas mãos."


"A sombra do vento
JULIÁN CARAX

Nunca tinha ouvido mencionar aquele título ou o seu autor, mas não liguei. Minha decisão estava tomada. De ambas as partes. Peguei o livro com muito cuidado e folheei-o, deixando que as suas páginas esvoaçassem no ar. Liberado de sua cela na estante, o livro exalou uma nuvem de pó dourado. Satisfeito com a escolha, refiz meus passos no labirinto, levando meu livro debaixo do braço, com um sorriso impresso nos lábios. Talvez a atmosfera enfeitiçada daquele lugar se tivesse incorporado a mim, mas tive certeza de que aquele livro estivera me esperando ali anos a fio, provavelmente desde antes de eu nascer."

E assim Daniel Sempere me conquistou. Um dos muitos livros que a livraria onde trabalhava me emprestou, assim que terminei A sombra do vento tive certeza de que queria aquele livro para mim, para sempre. Corri para comprá-lo e fui muito mais feliz naquele momento. Quando terminei, fui à procura de outros títulos do autor, mas infelizmente este era o único até então publicado no Brasil. Hoje conseguimos ler Zafón em vários títulos e dou graças a isso.

O menino Daniel recebe de seu pai de presente de 10 anos a visita a um lugar mágico. O Cemitério dos Livros Esquecidos. Na Barcelona de 1945 ele conhece Julián Carax e seu livro, A sombra do vento. Sua vida muda completamente a partir daí e Daniel conhece a amizade, o amor e o mistério. Ele parte em busca de outros exemplares do autor e descobre que a vida de Julián é muito mais misteriosa do que sua obra. Toda a aventura do livro gira em torno da vida desse autor, suas obras, sua família, amigos e inimigos. 

Daniel cresce com ele. E todos nós também. Fermín, figura inteligentíssima que Daniel encontra vivendo como mendigo e o resgata para trabalhar com ele e seu pai na livraria é o melhor personagem que já conheci. Quem tiver o prazer de ler A sombra do vento verá em Fermín um universo dentro de um só personagem. Ele se transforma no companheiro de Daniel em sua busca incessante sobre o paradeiro de Julián. Inesquecivelmente belo, cativante, inteligente e maravilhoso livro.



Autor: RUIZ ZAFON, CARLOS
Tradutor: RIBAS, MARCIA
Editora: SUMA DE LETRAS BRASI
Assunto: LITERATURA ESTRANGEIRA - ROMANCES
46,90
Postar um comentário