terça-feira, 9 de setembro de 2014

Eugênia e os robôs

Livro sensível sobre Eugênia, uma menina de 11 anos que, apesar de sua aguda inteligência para as artes exatas, possui uma dificuldade enorme para entender o comportamento humano, suas contradições, altos e baixos.

Trecho da orelha: "Para ela os humanos são incompreensíveis: choram quando estão felizes; dizem 'tudo bem' quanto estão tristes."

Essas singularidades da natureza humana deixam Eugênia muito confusa e, por causa disso, não consegue se relacionar com ninguém, nem com os pais, nem com os amigos da escola, professores etc. Assim, a menina resolve usar sua inteligência apurada para construir seus próprios amigos robôs, achando que enfim teria companhia em sua infinita solidão. Essa decisão fará com que ela consiga repensar os valores humanos, talvez até perceber a riqueza do singular.

Um gostinho:
"O problema é que todos os diálogos eram mais ou menos assim quando alguém puxava assunto:
- Oi, Eugênia, tudo bom?
- Não.
E era a mais absoluta verdade. Como poderia estar TUDO bom? Todas as coisas do mundo estavam funcionando perfeitamente? Nada mais ou menos? Nada nem um pouquinho ruim? A pergunta era fácil, a resposta certa devia ser não, certo?
Errado.

Autor: TOKITAKA, JANAINA
Ilustrador: TOKITAKA, JANAINA
Editora: ROCCO
Assunto: INFANTO-JUVENIS
Postar um comentário